segunda-feira, 23 de junho de 2014

Distância.

Simples e incomparável és tu;
Aos dias bons e ruins.
Amar-te é calmo como o luar
Amar-te é mais que viver.
Tê-lo é um sonhar real,
divino e perplexo.

Senti-lo é poder respirar
o ar tranqüilo da natureza.
Beijá-lo é adormecer.
Abraçá-lo é como se num dia frio
eu tivesse o poder de ter o sol sobre mim.

viver sem ti é padecer,
É uma dor que não passa,
É noite fria e escura,
É mais que tortura,
É vazio, é uma calma ruim.

Saudades de ti, pelas lembranças
e pelos momentos mesmo que
tristes, mas adormecidos em meu peito.
Talvez passe transmitindo
minha dor neste papel,
minha alma pode se confortar ao ouvir tua voz...

Mas meu coração necessita
de mais que um simples eu te amo pelo
único meio de comunicação que nos une,
mesmo que tão distantes...

Assim te espero, assim te amo,
assim te amarei,assim te quero,até a sua presença em meu corpo, 
em minhas mãos.

De: Fátima Araujo.