segunda-feira, 23 de junho de 2014

Teus lábios menino.


Esses teus lábios tão bem desenhados Parecem ser tão bem procurados, Ah! Esse teus lábios gelados Que me torturam, me procuram,
Esses teus lábios proibidos menino, São tão desejados e calmos Que fico observando mesmo calados,


Mas sempre em segredo, Pois meu olhar já trilhou Cada linha desta sua boca,
Já usei toda força em recusa, Mesmo sedenta desde teu gosto Mesmo desejando provar desse... Teu pomo proibido garoto...
Pare de me tentar baixinho No pé de meu ouvido, Tire de vista esse teu lábio,




Não chegue tão perto falando, Tape essa boca moço bonito Antes que eu te roube pelos cantos Um beijo meu doce menino,
Anjo atrevido que venho resistindo, Ah! Os contornos dessa tua boca, Desses teus lábios proibidos menino.

De: Fátima Araujo.